Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, S.P., Brazil
Meu email:jcmreina@hotmail.com

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Missão Possível?


A vida acabou me pregando uma peça quando eu menos esperava. Na busca constante de respostas, acabei encontrando estas de uma forma, no mínimo interessante.

A peça que a vida me pregou foi a de ter colocado no meu caminho uma pessoa tão fragilizada com a vida e ao mesmo tempo de coração tão duro e difícil de ser conquistado.

Percebi a dificuldade de se conquistar um coração se pedidos como este: (...me faça acreditar em coisas que não acredito, ...) me fizerem ficar sem saber o que responder. E se respondesse de imediato, não seria uma resposta sincera.

Ao longo da vida acabei encontrando e conhecendo pessoas que fazem ou fizeram a diferença ou simplesmente me ajudaram num momento de dificuldade.

Há pessoas que conheço há anos, mas que não tenho a liberdade de contar a estas aqueles projetos, aqueles sentimentos que julgo mais íntimos, aquilo que me aflige ou coisas até simples, mas que se tornam tão difíceis de se comentar. É difícil de se explicar, mas acredito que seja pelo fato de não ter confiança o suficiente nestas pessoas. Talvez nem seja a desconfiança, mas a falta de afinidade com estas pessoas.

Já quebrei a cara diversas vezes, mas percebi que por mais que eu relute, sempre estarei correndo atrás da felicidade, e esta nunca é plena de forma solitária. O ser humano não nasceu para viver só.

Por mais que se apanhe da vida, por mais que se decepcione, por mais incrédulas que as pessoas fiquem devido a tais sofrimentos que a vida pregue, sempre existe uma esperança dentro do coração de cada um. O difícil é aceitar que alguém tenha verdadeiras boas intenções mediante tantas decepções.

A missão de convencer alguém a acreditar em algo que não acredita é bem complicado e creio que eu precise de mais tempo para isso. Não dá para se fazer isso da noite para o dia. Talvez eu nem convença. Nem Jesus Cristo conseguiu fazer com que todos acreditassem Nele.

João C.M. Reina

2 comentários:

  1. Nossa!
    Adorei o texto!
    Já me senti e me sinto muitas vezes como vc diz aí. A gente vai tentando, mas nem sempre consegue... Não tem jeito!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Mesmo quem não tenha tido tantas experiências é preciso ter a "duvida" pra fazer valer a confiança.
    ;)

    ResponderExcluir

Seguidores