Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, S.P., Brazil
Meu email:jcmreina@hotmail.com

domingo, 30 de junho de 2013

Aquele Silêncio



Eu gostaria que o silêncio desistisse de mim, que meu coração aflito finalmente se abrisse, que meu desejo de amar fosse mais transparente. Eu gostaria de ter a certeza de que a sua vontade fosse igual a minha, de que o nosso perdão se fizesse verdadeiro. 

João C. M. Reina



7 comentários:

  1. Também somos silêncio e som... E o amor, não é uma ciência exata. Incertezas à parte, faz de nós poetas...

    Abraço,

    Nel

    ResponderExcluir
  2. Há tempo certo para tudo.
    Silenciar é bom,
    mas ele desistir da gente é
    complicado...
    Adorei que foi me ler nesse
    domingo .
    Bjins
    entre sonhos e delírios
    Catiaho Alc./Reflexo d'Alma

    ResponderExcluir
  3. Depois que li sue comentário
    deu vontade de
    compor e
    postar.
    Passa lá.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. QUE LINDO...MARAVILHOSO!!!
    SEM PALAVRAS...PERFEITO!!!

    Nunca li nada igual.
    Um abraço, fica com DEUS.

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Linda reflexão, desejo um belo dia.

    ResponderExcluir
  6. Não há certezas no amor, mas isso não impede que deixemos o coração aberto e acreditemos nele. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Tá de bode?
    Anime-se, as aulas recomeçarão e a vida seguirá seu curso de cansaço, cobranças, estudos, etc, rs

    ResponderExcluir

Seguidores